Laser Monalisa Touch® Recupere sua feminilidade e reencontre consigo mesma!

Dra. Ellen Carvalho

Especialista em LASER Ginecológico

AGENDE SUA CONSULTA

O verdadeiro re-encontro consigo mesma!

Dra. Ellen Carvalho

Especialista em cirurgia íntima feminina

Para quem é o Laser Ginecológico Monalisa Touch®?

O que é Laser Ginecológico Monalisa Touch® ?

O Monalisa Touch é um laser especialmente desenvolvido para ser aplicado na região íntima da mulher melhorando o estado da mucosa que reveste as paredes vaginais e a pele da vulva, restaurando a funcionalidade perdida com o tempo, ou seja ele promove o rejuvenescimento íntimo. A maioria das pacientes tratadas relata uma melhora substancial na qualidade de vida. É um procedimento realizado pela médica, dentro do consultório, de maneira indolor. Não envolve incisões ou suturas e a sessão não dura mais que meia hora.

Como o laser atua? O que exatamente ele faz?

O laser estimula os fibroblastos que aumentam a produção de colágeno, elastina, ácido hialurônico e glicosaminoglicanas. Essas substâncias são responsáveis pela sustentação, elasticidade, melhora da vascularização e da lubrificação nos tecidos tratados.

Resultados científicos da eficácia do laser

Os gráficos representam a porcentagem de redução dos principais sintomas de atrofia vaginal e incontinência urinária após três sessões de MonaLisa Touch®. O estudo foi realizado no Departamento de Ginecologia do Hospital San Raffaele em pacientes com sintomas de atrofia geniturinária em 2001.

Resultados reais do Laser Ginecológico Monalisa Touch® vistos de perto

A - Mucosa vaginal com atrofia antes do tratamento: camada fina de poucas células.

B - Mucosa vaginal após a 1ª sessão: mucosa mais espessa com as células restauradas.

C - Mucosa vaginal após a 3ª sessão: mucosa ainda mais espessa com células maiores e ricas em glicogênio.

Fonte bibliográfica: os gráficos e as fotos da mucosa vaginal são de estudo realizado no Departamento de Ginecologia do Hospital San Raffaele em pacientes com sintomas de atrofia geniturinária em 2001.

Tipos de tratamentos realizados pelo laser Monalisa Touch®

Laser para Rejuvenescimento íntimo feminino

Assim como a pele do corpo e do rosto, a região íntima também envelhece e traz desconfortos
que podem ser amenizados com o laser.

Saiba mais

Laser para atrofia genital da menopausa.

A diminuição hormonal da menopausa gera ardor, coceira, ressecamento e dor na região genital.
Mas esses sintomas podem ser melhorados com o laser ginecológico.

Saiba mais

Laser para atrofia genital pós parto.

Após o parto ocorrem mudanças hormonais que podem prejudicar a vida íntima de algumas
mulheres. Para essas, o laser ginecológico pode ser um excelente aliado.

Saiba mais

Laser para tratamento da atrofia pós tratamento do câncer

O tratamento do câncer pode levar à atrofia genital em mulheres com restrição hormonal. O laser é
uma alternativa para manter qualidade na vida íntima dessas mulheres.

Saiba mais

Laser para tratamento da Incontinência urinária.

Perder urina durante uma caminhada, uma atividade física ou até mesmo com uma gargalhada
gera desconforto e às vezes restrição social para a mulher. O laser ginecológico pode ajudar a
diminuir esses sintomas.

Saiba mais

Laser para estreitamento vaginal.

O alargamento da vaginal ocorre por envelhecimento ou por eventos naturais como o parto.
Quando gera sensações desagradáveis para a mulher, o laser ginecológico pode ajudar.

Saiba mais

Laser para retração (diminuição não cirúrgica) dos pequenos lábios.

Para as mulheres que se sentem desconfortáveis com o tamanho dos seus pequenos lábios e não podem ou não desejam operar, existe uma possibilidade não cirúrgica com o Monalisa Touch.

Saiba mais

Laser para flacidez e clareamento da vulva

Um dos sinais do envelhecimento vulvar é o aspecto flácido, murcho e enrugado que pode ser melhorado com o laser ginecológico.

Saiba mais

Laser para tratamento do líquen escleroatrófico.

O líquen escleroso e atrófico é uma dermatose inflamatória crônica, sem cura e de causa desconhecida que afeta muitas mulheres.

Acomete a área anogenital em 83 a 98% dos casos e o laser ginecológico pode auxiliar seu tratamento.

Saiba mais

Laser para tratamento do HPV

Mesmo sendo uma infecção cuja principal arma é uma boa imunidade, quando as lesões por HPV se manifestam, elas precisam ser tratadas e o laser de CO2 é uma opção a ser considerada.

Saiba mais

Laser para tratamento para estrias

O laser de Co2 fracionado é considerado um dos melhores tratamentos para estrias e cicatrizes.

Saiba mais

Histórias Reais de Mulheres que revelam seus problemas mais íntimos e como eles foram enfrentados com ajuda do Laser Vaginal MonaLisa Touch®.

O Laser vaginal Monalisa Touch melhorou minha qualidade de vida após o câncer de mama.

Saiba mais

"O Laser Ginecológico Monalisa Touch ajudou a manter meu casamento saudável e feliz mesmo após a menopausa." Casada há 22 anos.

Saiba mais

"O Laser vaginal Monalisa Touch melhorou a qualidade da minha vida sexual após o parto."

Saiba mais

Quem é a Dra. Ellen Carvalho?

Formada em medicina pela UFU – Universidade Federal de Uberlândia.

Especialista em Ginecologia pela UFTM Universidade Federal do Triângulo Mineiro.

Pós graduada em Dermatologia e Dermatologia Estética Avançada pela Faculdade de Ciências Médicas – MG.

Pós graduada em “Ginecologia Estética e Funcional” e “Cirurgia Plástica Íntima Feminina” pela Universidade de Barcelona – Espanha.

Membro da Sociedade Mundial de Ginecologia Estética WSGC.

Delegada do Brasil na SOLAGEF Sociedade Latino Americana de Ginecologia Estética e Funcional.

Membro da ABCGIN – Associação Brasileira de Cosmetoginecologia

Membro da SBLME – Sociedade Brasileira de Laser em Medicina e Cirurgia

Key Opinion Leader e Palestrante da DEKA laser.

CRM- MG 40873 RQE 22.572

CRM- DF 25398 RQE 16.620

Agende sua consulta

Perguntas Frequentes

É a restauração da funcionalidade e melhora da aparência da região íntima da mulher.

É realizado através de vários procedimentos dependendo da questão a ser tratada, podendo ser cirurgias, aplicação de tecnologias e LASERs adequados à essa delicada região.

Porque a partir dos 30 anos nosso corpo perde colágeno, ácido hialurônico, elastina e hidratação. A consequência disso na região íntima é o aspecto murcho, flácido e escurecido da genitália externa.

Na região interna essas alterações levam à frouxidão da parede vaginal com consequente diminuição do prazer, à perda de sustentação da bexiga com perda involuntária de urina e de gases gerando desconforto para a mulher.

Com a chegada da menopausa, os ovários deixam de produzir hormônios, o que causa a atrofia geniturinária deixando a mucosa vaginal fina e ressecada, cheia de fissuras e ardência gerando dor nas relações sexuais.

Essas alterações diminuem o prazer e a autoestima da mulher, que se torna insegura, com prejuízo da sua qualidade de vida sexual.

O Monalisa Touch é o melhor, mais potente e seguro laser ginecológico da atualidade.

Desenvolvido pela empresa italiana DEKA expert em LASERs para uso médico, o Monalisa está há mais de 10 anos no mercado internacional, e apresenta o maior número de trabalhos e evidências científicas que realmente contribuem para o rejuvenescimento íntimo feminino

A aplicação é realizada com ponteiras especialmente desenvolvidas tanto para a mucosa vaginal interna, quanto para a região genital externa como clitóris, grandes e pequenos lábios.

O procedimento não tem necessidade de internação, é rápido, seguro e sem cortes.

Quando o procedimento é vaginal, na parte interna do órgão genital, o tratamento é indolor.

Quando é aplicado na vulva, ou seja, na parte externa, a paciente pode receber um anestésico tópico (em creme), 30 minutos antes de usar o laser.

- Melhora da atrofia vaginal decorrente da menopausa natural ou induzida pela quimioterapia, pela retirada dos ovários ou da hipotrofia pós-parto.

- Melhora dos sintomas de incontinência urinária que é a perda involuntária de urina.

- Diminui os sintomas de prurido (coceira) , irritação e dispareunia (dor durante a relação).

- Melhora a firmeza e o clareamento da parte externa da vulva.

- Trata lesões de pele, doenças como líquen escleroatrófico, remoção de verrugas, melhora cicatrizes de cesárea ou de episiotomia ( pique do parto normal).

Os poucos efeitos colaterais são vermelhidão leve ou inchaço que usualmente desaparecem em um ou dois dias.

Na região externa, dependendo do fototipo de pele pode haver hipercromia, e nesse caso, deve ser avaliado e tratado pela médica assistente.

Pode ocorrer corrimento vaginal em alguns dias pós laser, e, para isso, a médica vai prescrever um creme vaginal.

As pacientes podem retornar à rotina "quase normal" imediatamente após o laser. Inclusive retornar ao trabalho no mesmo dia.

Durante o período de cicatrização, por 3 a 7 dias, deve evitar banhos de banheira, mar ou piscina, relações sexuais e exposição solar quando for feito o clareamento íntimo.

O número de sessões é individualizado de acordo com a questão a ser tratada, podendo ser recomendado um ciclo de 3 a 4 sessões, com intervalos de 30 a 45 dias. É recomendado também uma sessão de manutenção anual.

A sessão dura cerca de 20 minutos.

Depende do organismo de cada mulher e do tipo de queixa que foi tratada. Pode ser recomendado uma sessão anual de manutenção.

Os preparos são simples:

- Depilação (com o método que estiver acostumada) antes do procedimento se for fazer aplicação vulvar;

- Não estar menstruada no caso de aplicação intravaginal;

- Em mulheres com história prévia de herpes genital, deve-se realizar profilaxia medicamentosa;

Não deve ser realizado em pacientes com: infecção ativa por herpes (devendo primeiro tratar a infecção), em grávidas, em pacientes com câncer não tratado no colo do útero e em pacientes menstruadas no caso do laser interno, podendo colocar absorvente íntimo interno (tipo OB) para aplicação do laser na região externa.

Os resultados são graduais e pessoais, sendo percebidos, em média, após 21 dias do início do tratamento, tais resultados se intensificam após 3 sessões.

Para o laser vulvar não existe limite mínimo de idade.

Já o laser intravaginal é para mulheres que já iniciaram atividade sexual e que possuem alguma dificuldade a ser tratada, como dor ou
alargamento ou outras queixas decorrentes da idade.

Também não existe limite máximo de idade, pois o laser é um tratamento não invasivo, indolor e praticamente sem efeitos colaterais.

Existem outras tecnologias mais baratas, mas nenhuma se provou ser igual ou superior ao laser para restauração da mucosa genital feminina.

Outras tecnologias podem ser associadas para atuar em planos mais superficiais (como a radiofrequência não ablativa) ou em planos mais profundos como a estimulação magnética plana que interage com os tecidos neuromusculares induzindo contrações musculares intensas homogêneas sem dor ou desconforto.

Bioestimuladores de colágeno, preenchimentos com ácido hialurônico e peelings específicos para região íntima, podem ser usados, conforme os objetivos do tratamento.

No caso do Laser Monalisa Touch pode sim! Usuárias de quaisquer tipos de DIU de cobre, prata, Mirena ou Kyleena podem fazer o Laser Monalisa Touch.

Creme calmante e pomada vaginal. Habitualmente não são necessários antibióticos e nem remédios para dor.

Locais de atendimento

DERMAC. Av. Nicomedes Alves dos Santos, 1500 – Morada da Colina, Uberlândia – MG.

Contato:

ESSENCE Instituto de Saúde e Beleza. Av. Pau Brasil Lote 10. Sala 1613. Edifício Le Quartier. Águas Claras Norte. Brasília/DF.: 

Contato:

 

 

Lago Norte Class (LN Class)
SHIN CA 02 Bloco G Torre 02 Andar 1, Salas 105 E 106, atrás do Deck Norte

Contato:

 

Palmas-TO
CLÍNICA MIGUEL ÁVILA. Rua Arse 21(antiga 204 Sul). Alameda Jandaia, nº 8. Palmas-TO

Contato:

×