image

Dra. Ellen Carvalho é médica formada pela UFU – Universidade Federal de Uberlândia. Especialista em Ginecologia pela UFTM Universidade Federal do Triângulo Mineiro.

Posts recentes
Search

Blog

Dra. Ellen Carvalho no G1 falando sobre Plástica íntima

 

 

Conheça as cirurgias na área íntima que estão fazendo a diferença na vida das mulheres

Oi meus amores!

Já falamos aqui no blog sobre procedimentos íntimos e hoje resolvi trazer para vocês mais sobre o assunto.

A cada dia que passa as mulheres têm maior preocupação com a genitália e querem fazer alguma correção ou alteração a fim de deixar a vergonha de lado ou até mesmo melhorar a vida sexual.

Existem mulheres que não se permitem receber sexo oral por vergonha da genitália. Outras com mais de 30 anos de casamento que só têm relações sexuais no escuro. E têm aquelas que não usam biquínis porque os lábios sempre se exteriorizavam através da calcinha. Em todos esses casos, as cirurgias podem fazer uma grande diferença.

Para falar sobre o assunto conversei com a especialista e professora de cursos de Cirurgia  Genital Feminina, Dra. Ellen Carvalho. Ela explicou sobre os  procedimentos mais realizados e procurados relacionados à cirurgia íntima.

A “campeã de audiência” e a mais procurada, segundo a especialista, é a “Labioplastia Menor Redutora”. O procedimento também é conhecido como “Ninfoplastia”. “É a cirurgia para diminuir os pequenos lábios que deixaram de ser pequenos e se tornaram grandes demais. A cirurgia consiste em retirar esse excesso de pele deixando os pequenos lábios  simétricos e proporcionais. O procedimento não deixa cicatriz aparente e nem provoca a perda da sensibilidade. Trata-se de uma cirurgia de pequeno porte que se faz com anestesia local, sem necessidade de internação”, disse.

Ellen Carvalho também citou a “Labioplastia Maior Redutora”. Essa cirurgia reduz os grandes lábios.  “Quando se tornam flácidos demais, os grandes lábios perdem a capacidade de se fecharem totalmente e deixam aparentes os pequenos lábios e o clitoris. As vezes é preciso usar uma combinação de técnicas como a cirurgia com retirada de pele e um preenchimento que pode ser feito com a própria gordura corporal ou com ácido hialurônico”, afirmou.

Outra cirurgia é a de “Redução do Monte de Vênus”. Monte de Vênus é a região do corpo localizada alguns centímetros abaixo do umbigo e acima do osso púbis. Às vezes ocorre um acúmulo de gordura nessa área, mesmo em mulheres magras, tornando-a volumosa e comumente chamada de “capô do fusca”. “As mulheres relatam incômodo ao usar biquíni ou roupas justas que revelam o volume extra nessa região. A correção  pode ser feita com técnica menos invasiva como aplicação de enzimas ou por lipoaspiração”, acrescentou a profissional.

Por último, Ellen Carvalho falou da Vaginoplastia, uma cirurgia para promover o  estreitamento do canal vaginal e corrigir distopias como prolapso uterino ou “bexiga caída”. “O alargamento da vagina poder ser decorrente de um parto problemático ou do avançar da idade e leva à uma diminuição da sensibilidade. Nesse caso é interessante usar de uma combinação de técnica cirúrgica com o laser. A cirurgia promove um estreitamento do intróito e da parte inicial da vagina  e o  laser promove um estreitamento ao longo de todo canal vaginal”, concluiu.

Fonte: http://g1.globo.com/minas-gerais/triangulo-mineiro/blog/simone-mendes/post/conheca-cirurgias-na-area-intima-que-estao-fazendo-diferenca-na-vida-das-mulheres.html

 

Leave a Reply